População pessoense pede melhorias nos transportes coletivos

07.07.2005

Os pessoenses estão revoltados com o descaso com que as empresas de transportes coletivos tratam seus usuários. Os motivos da revolta são os constantes atrasos, falta de manutenção e limpeza dos veículos, que vivem quebrando pelas ruas da cidade, superlotação de algumas linhas, falta de educação por parte dos condutores e cobradores e a insegurança, ocasionada pelos assaltos diários.

Grande parte da população que anda de ônibus se sente inconformada e injustiçada pelas empresas, que não procuram melhorar o atendimento aos consumidores. “Não adianta nem reclamar com a empresa, pois eles não dão a mínima para a gente. Quando procuramos um posto da STTrans, eles só fazem anotar a reclamação e pronto. Todos os dias eu vejo um ônibus quebrado” desabafa a estudante Laís de Souza.

A falta de segurança também é constante, quase todos os dias são registrados assaltos a ônibus coletivos na capital. Mas o que mais irrita os pessoenses são os ônibus que quebram diariamente na cidade, principalmente quando a linha tem fama de atrasar as viagens. Soma-se a isso o tempo perdido no Terminal de Integração, inaugurado no dia 06 de abril e a falta de educação de algumas pessoas.

“O terminal ajudou muito os pessoenses, mas a falta de educação das pessoas, que não sabem esperar para que os passageiros desçam do ônibus, irrita qualquer um. Eles ficam na frente da porta, com o pé no degrau do ônibus, impedindo as pessoas de descerem e depois ficam se empurrando para ver quem entra primeiro. É uma falta de educação e de respeito, pois existem diversas crianças e idosos para subir e muitos são praticamente empurrados” reclama a estudante Denise Pereira.