Candida Margalhães é indicada para Prêmio PB de DH

19.11.2009

Pelo segundo ano consecutivo, o nome da Fundação figura na lista dos indicados ao Prêmio Estadual de Direitos Humanos José Gomes da Costa, promovida Seccional Paraíba da Ordem dos Advogados do Brasil. Desta vez, no entanto, a indicação é para uma das advogadas da entidade, Candida Moreira Magalhães, que há décadas atua nos movimentos sociais. Ela foi indicada na categoria Prêmio Especial, que reconhece advogados que tenham destaque na defesa dos Direitos Humanos, junto com os advogados Wanderley Caixe e Israel Guedes, cuja indicação foi uma homenagem póstuma.

Além de Candida, também foi indicada ao prêmio a Rede de Juristas Populares, que contam com o apoio da Fundação através da parceria com Misereor, uma agência de captação de recursos alemã. A rede é um dos nove nomes concorrendo na categoria que contempla Organizações da Sociedade Civil ou órgãos governamentais com atuação esta área. As outras três categorias premiam uma personalidades masculina e outra feminina. Este ano, a premiação acontece no dia 18 de dezembro, às 17h, no auditório João Santa Cruz, na sede da entidade em João Pessoa.

Os premiados vão receber uma estatueta do artista plástico paraibano Yon Pontes, uma obra de resina sintética medindo 25×18 cm, representando um golfinho submergindo do mar, trazendo em seu bico a balança, que é símbolo da justiça. O golfinho é o símbolo da advocacia. Veja abaixo a lista de indicados:

Categoria Personalidade Masculina
Rubens Pinto Lyra, Luiz Couto, Fábio Freitas, Eduardo Rabenhost, Luciano Maia

Categoria Personalidade Feminina
Estelizabel Bezerra, Douraci Vieira e Fernanda Bevenutti

Categoria Instituição/Organização da Sociedade Civil
Toca de Assis, Rede de Juristas Populares, MST, Núcleo de Cidadania e Direitos Humanos da UFPB, Comitê Paraibano de Educação em Direitos Humanos, Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados, Centro de Defesa dos Direitos Humanos Dom Oscar Romero, Coordenadoria de Políticas Públicas para as Mulheres de João Pessoa.

Categoria Prêmio Especial
Wanderley Caixe, Israel Guedes e Candida Magalhães