Fundação Margarida Maria Alves participa de lançamento do livro “As Margaridas” em Belo Horizonte/MG

10.03.2016

Capa do livro "As Margaridas: uma coletânea sobre os direitos da Mulher

No último dia 08 de março, às 19h, foi lançado no Hotel Sol em Belo Horizonte o livro “As Margarida: uma coletânea sobre os Direitos da Mulher”, produzido pelo Sindicato dos Auxiliares de Administração Escolar de Minas Gerais (SAAEMG). O livro, em sua segunda edição atualizada e ampliada, ressalta a fala mais famosa da líder sindical Margarida Alves “É melhor morrer na luta que morrer de fome”, referenciando a luta de todas trabalhadoras e trabalhadores brasileiros.

Rogerlan Augusta de Morais, presidenta do Sindicato,  destaca que achou interessante não só registrar a importância de Margarida Maria Alves apenas em homenagem no livro, por isso, convidou e contou com a presença de representante da Fundação Margarida Maria Alves. Marcelo Soares, Assessor de Comunicação da Fundação. “É importante esse encontro  para aproximar mais os/as companheiros(as) da Paraíba e unir nossa luta comum  de combate  ao machismo, o assédio sexual e da lembrança constante aos homens da importância para a sociedade a valorização e respeito à igualdade de gêneros”, completou.

Marcelo Soares, Assessor de Comunicação e representante da Fundação Margarida Maria Alves no evento, fala como se deu o processo de contato entre as duas entidades: “em 2015 o SAAEMG entrou em contato conosco para troca de informações a respeito de Margarida Maria Alves, a qual pretendia homenagear na publicação da segunda edição do livro. Nós de bom grado fornecemos as informações e quando chegou o lançamento do mesmo a presidenta do Sindicato nos convidou para compor a mesa.”

Ele ressalta ainda a gratificação da Fundação pelo convite de participação. “É uma honra para nós esse convite pela possibilidade não só de ampliar nossos contatos nacionais como também por vermos o nome e a luta de Margarida Alves serem reconhecidos em outros Estados. Esperamos que esse livro gere novas sementes e, consequentemente, tantas outras margaridas pelo país. Gostaria de agradecer a todos do SAAEMG, principalmente a sua presidenta pela atenção e hospitalidade dada a mim e a Fundação, espero termos novas parcerias no futuro.”, concluiu.

O livro também registra a história do SAAEMG, além de informar direitos garantidos das mulheres como a violência contra a mulher, direitos da mulher no caso de violência doméstica, lei Maria da Penha, assistência á mulher vítima de violência, atendimento pela autoridade policia, direitos trabalhistas,  medidas protetivas, assistência jurídica, direitos civis, mulheres e o mundo do trabalho, direitos previdenciários da mulher,  direitos políticos, licença maternidade , além de vários outros textos  de interesse feminino.

O evento também comemorou os 35 anos do Sindicato e o Dia Internacional da Mulher com a apresentação do grupo de música e dança “As Meninas de Sinhá”, formado por senhoras do bairro Alto Vera Cruz de Belo Horizonte/MG, em 1996, que deram um espetáculo de alegria, simpatia, canto, dança e poesia.

Lançamento do livro As Margaridas - em Belo Horizonte/MG - Foto: Vera Godoy

Na ocasião a presidenta do Sindicato fez discurso sobre a realidade atual da mulher brasileira, ressaltando  dados sobre a condição ainda de vítimas de violência, principalmente ocorrida dentro da própria família. Disse ainda que dados de pesquisa do mapa da violência contra mulher mostram que 13 mulheres são assassinadas por dia, em média, no Brasil, ou seja, uma a cada duas horas, e que as mais desprotegidas são as mais pobres e negras. Renata Adriana Rosa, da União Brasileira de Mulheres, destacou a força da mulher perante todas as adversidades do dia-a-dia: “mulher é como água, quando junta fica forte”, falou sendo aplaudida por todos presente.

Sobre o SAAEMG

Fundado em 8 de abril de 1981, o Sindicato dos Auxiliares de Administração Escolar de Belo Horizonte só tornou Estadual em 21 de março de 1983, levando assim a toda região de Minas Gerais a defesa e valorização da categoria dos Auxiliares de Administração Escolar. Hoje, o SAAEMG representa essa categoria de trabalhadores em 286 municípios, aliando bom atendimento/relacionamento com os associados a sua intensa atuação na defesa dos direitos dos trabalhadores. Mais informações podem ser adquiridas no site: http://www.saaemg.com.br

Com informações da Ascom do SAAEMG