Feira de serviços, cidadania e cultura marca o Dia Internacional de Não Violência Contra as Mulheres em João Pessoa

24.11.2016

A Secretaria Extraordinária de Políticas Públicas para as Mulheres (SEPPM) de João Pessoa promove, nesta sexta-feira (25), uma feira de serviços, cidadania e cultura para marcar o Dia Internacional de não violência contra as mulheres, data lembrada mundialmente e que está inserida na Campanha 16 Dias de Ativismo pelo fim da violência contra a mulher. O evento será no Parque da Lagoa Solon de Lucena, das 8h às 17h.

De acordo com Adriana Urquiza, secretária da SEPPM, a feira de serviços é o momento para chamar atenção das pessoas para o grave problema da violência contra a mulher. “É notória a violência sofrida diariamente pelas mulheres, ela acontece dentro de casa, na rua, muitas vezes no trabalho, e não podemos nos calar diante desses fatos. É um problema grave, que precisa ser enfrentado e combatido, todos os dias”, afirmou.

Segundo a secretária, as parcerias das secretarias municipais, além da Delegacia da Mulher e INSS foram fundamentais para somar às atividades que serão realizadas na sexta-feira (25). “As secretarias, entidades e órgãos têm sido parceiros da SEPPM nessa luta e no trabalho de divulgação que fazemos constantemente”, disse.

Programação – Quatro tendas serão instaladas na Praça Esplanada e, pela manhã, serão ofertados serviços como informações sobre Previdência Social, acesso ao crédito via Banco Cidadão, Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher, além de atendimento à Saúde, com aferição de pressão arterial e práticas integrativas com terapeutas holísticos do Cepics Canto da Harmonia.

No local estarão também assistentes sociais e psicólogas que atendem no Centro de Referência da Mulher Ednalva Bezerra, além de servidores do Sine-JP, que farão cadastro para encaminhar ao mercado de trabalho. O ônibus móvel da Secretaria de Ciência e Tecnologia (Secitec) também estará presente.

Na parte da tarde acontece à programação cultural com a apresentação do grupo Catadores de Arte, da Emlur, e da Escola de Capoeira Afro-Nagô. Ainda no período da tarde, o público pode participar da oficina de Defesa Pessoal. A Banda 5 de Agosto encerra o evento com apresentação na Praça do Cassino.

O evento está sendo realizado em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), Secretaria de Ciência e Tecnologia (Secitec), Sine-JP, Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), Coordenadoria de Promoção a Cidadania LGBT e da Igualdade Racial, INSS e Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher.

16 Dias de Ativismo – Em 1991, mulheres de diferentes países, reunidas pelo Centro de Liderança Global de Mulheres (Center for Women’s Global Leadership – CWGL/EUA), iniciaram a campanha. Hoje, cerca de 150 países desenvolvem esta campanha. No Brasil, ela é realizada desde 2003 por meio de ações de mobilização, palestras, debates, eventos e encontros. A Campanha dos 16 Dias se inicia em 20 de novembro, Dia da Consciência Negra, e termina em 10 de Dezembro – Dia Internacional dos Direitos Humanos.

Fonte: Secom – PB