Nota de Repúdio ao Projeto de Lei nº 183-2022

A Fundação de Defesa dos Direitos Humanos Margarida Maria Alves repudia o projeto de Lei nº 183 de 2022 de autoria do vereador Waldeny Santana e aprovado pela Câmara Municipal de Campina Grande, por 15 votos a favor e 1 contra, na 73ª Sessão Ordinária da 2ª Sessão Legislativa da 18ª Legislatura, no último dia […]

Fundação Margarida Maria Alves realiza grupo reflexivo sobre violência doméstica e familiar com homens em processo judicial

A Fundação de Defesa dos Direitos Humanos Margarida Maria Alves iniciou mais uma etapa do “Projeto Repensar: Refletindo Coletivamente a Violência Doméstica e Familiar Contra Mulheres” com a realização do primeiro grupo reflexivo com homens em processo judicial. A atividade é realizada na sede da entidade em parceria com o Ministério Público do Estado da […]

Presidente da Fundação Margarida Maria Alves é ameaçado durante assembleia de condomínio com tentativa de agressão com cadeira

Durante uma assembleia geral do Condomínio Edifício Paraná, localizado na Avenida Padre Meira, Centro, João Pessoa, realizada na última segunda-feira (27), o advogado, filósofo e Presidente da Fundação de Defesa dos Direitos Humanos Margarida Maria Alves (FDDHMMA), Alexandre Guedes, foi destratado, desrespeitado e agredido várias vezes pelo condômino Fábio Soares, que tentou jogar uma cadeira […]

Proteção popular é tema de Encontro Nacional

Durante os dias 16, 17 e 18 de maio, no Centro Cultural Missionário, Brasília/DF, representações de organizações e movimentos sociais, populares e de direitos humanos, de todas às 27 unidades federativas do Brasil, reuniram-se para o Encontro Nacional Sobre Proteção Popular de Defensores e Defensoras de Direitos Humanos. Participaram convidados/as e representantes das requerentes e […]

Inscrições para o Curso de Formação de Juristas Populares seguem abertas

Seguem abertas as inscrições para a turma 2022 do Curso de Formação de Juristas Populares, que faz parte do Projeto “Conhecendo o Direito e Construindo a Cidadania”. O curso tem como objetivo promover formação jurídico-popular para lideranças das comunidades e organizações sociais com vistas à multiplicação dos conhecimentos jurídicos nas suas entidades e o maior […]