Representantes de 19 países discutem o acesso universal à prevenção do HIV e ao tratamento da Aids

12.01.2006

Por: Agência Andi

Elaborar estratégias de acesso universal a medicamentos anti-retrovirais e a insumos de prevenção contra as DST/Aids é o principal objetivo da consulta regional “Em direção ao acesso universal à prevenção do HIV e tratamento da Aids na América Latina e Caribe Espanhol”. O evento acontece em Brasília de 12 a 14 de janeiro.

Participarão do encontro representantes de 19 países da América do Sul (Brasil, Argentina, Uruguai, Paraguai, Chile, Bolívia, Peru, Equador, Colômbia e Venezuela), América Central (Panamá, Costa Rica, Nicarágua, Honduras, El Salvador, Guatemala e Belize) e Caribe espanhol (Cuba e República Dominicana). São esperados 80 integrantes de organizações governamentais, sociedade civil, redes comunitárias, organismos e agências internacionais da região.

O Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/Aids (Unaids), que apóia a realização da consulta no Brasil, trará representantes de sua sede em Genebra e coordenadores de escritórios do programa em outras nações. Entre os participantes do Unaids destacam-se Michel Sidibé, diretor de apoio a países e regiões; Luiz Loures, diretor de iniciativas globais; e Nancy Andrade-Castro, diretora do escritório regional para a América Latina e Caribe.

Os resultados das discussões em Brasília serão apresentados na Assembléia Geral das Nações Unidas, em maio de 2006, durante reunião sobre os avanços relativos à “Declaração de Compromisso sobre HIV/Aids”, de 2001.

A consulta regional é coordenada pelo Grupo de Cooperação Técnica Horizontal (GCTH), em que o Brasil exerce o cargo de Secretaria Técnica.