Governo lança campanha de carnaval contra exploração sexual infantil em Recife

20.02.2006

Por: Agência de Notícias sobre os Direitos da Infância (Andi)

O Secretário Especial dos Direitos Humanos, Paulo Vannuchi, e o ministro do Turismo, Walfrido dos Mares Guia, lançam amanhã, dia 21, em Recife, às 11h, na Central do Carnaval, a Campanha Nacional de Prevenção à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Com o slogan “Unidos Contra a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes – Entre para este bloco”, a campanha será divulgada em mais seis cidades.

Na capital pernambucana, o lançamento reunirá setores ligados ao turismo (bares e restaurantes, rede hoteleira, agentes de viagem, companhias aéreas), além de prefeituras, ministérios, ONGs, entidades de classe, organismos internacionais e atores envolvidos com o tema no Brasil. A mobilização será grande na cidade.

Durante todo o carnaval, os 55 postos de pólos da Prefeitura local distribuirão leques (abanadores) e filipetas sensibilizando os turistas e a população para o tema. Barraqueiros, guardas municipais e 150 voluntários distribuirão o material publicitário, além de vestir a camisa oficial da campanha. Os sindicatos dos Taxistas e dos Motoristas de Ônibus também participarão da mobilização.

Os blocos carnavalescos não ficaram de fora. Os artistas que se apresentarão nos 13 blocos do Galo da Madrugada, que reúne cerca de dois milhões de foliões durante os quatro dias de folia, divulgarão textos sobre a campanha inspirados no slogan, além de vestirem a camisa da campanha.

“O envolvimento da sociedade nessa causa é fundamental para o sucesso do combate a essa grave violação de direitos. Exploração sexual de crianças e adolescentes é crime e todos podem fazer o seu papel”, ressalta o ministro Paulo Vannuchi. “Trata-se de uma nova fase contra a exploração sexual comercial de crianças, pois a população de Recife e Olinda também estará envolvida, ou seja, não é apenas uma ação dos órgãos públicos, mas de toda a sociedade”, diz o ministro Walfrido dos Mares Guia.

Cidades – Além de Olinda e Recife, as peças também serão divulgadas em São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, Fortaleza e Florianópolis. A Polícia Rodoviária Federal colará nos carros adesivos sobre o tema. Hotéis, bares, restaurantes e aeroportos estamparão mensagens sobre a mobilização. As companhias aéreas também aderiram. Textos sobre a campanha serão lidos para os passageiros dos vôos cujos destinos sejam as capitais envolvidas na campanha.

Também será divulgado o número do Disque-denúncia de Combate à Violência Sexual de Crianças e Adolescentes – 0800 99 0500, serviço gratuito do Governo Federal, de abrangência nacional, que recebe denúncias de violência cometidas contra essa parcela da população. Coordenado pela Secretaria Especial dos Direitos Humanos (SEDH), o serviço analisa todas as informações recebidas e as encaminha às autoridades competentes.

A campanha é uma iniciativa da SEDH e MTur, em parceria com o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Ministério da Saúde, Ministério da Educação, Ministério dos Transportes/DNIT, Ministério da Justiça/Polícia Rodoviária Federal e Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente. Participam ainda WCF, Partners of Américas, Visão Mundial, Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA), Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH) e a Federação Nacional de Hotéis.