Fundação Margarida Maria Alves participa da Parada Internacional das Mulheres em João Pessoa

07.03.2017

Nesta quarta, 08, Dia Internacional da Mulher, organizações feministas, movimentos sociais, instituições de defesa das mulheres e organizações sem fins lucrativos de todo o mundo promoverão uma greve internacional das mulheres para defender os direitos reprodutivos e contra a violência de gênero, entendida como a violência econômica, institucional e interpessoal. A greve ocorrerá em pelo menos quarenta países e no Brasil diversas atividades vêm sendo realizadas desde o inicio do mês. Em João Pessoa, será realizado Ato Público Cultural às 11h30min na Praça dos Três Poderes com concentração a partir das 07h no Ponto de Cem Reis.

Segundo a organização local do movimento, denominada Parada das Mulheres Paraíba, “as mulheres da Paraíba estão se mobilizando em vários cantos do Estado para realizarem diversas ações de denuncia e de luta por justiça, direito, respeito à vida da mulher e, gradativamente, vão aproximando e somando esforços para realizar uma das maiores manifestações de mulheres dos últimos anos, no estado, país e mundo”.

O movimento ressalta ainda a escolha de uma greve como forma de protesto: “Nós usamos a estratégia da parada/greve porque nossas demandas são urgentes. Fazemos da greve de mulheres uma medida ampla e atualizada, capaz de abrigar a empregadas e desempregadas, a assalariadas e as que cobram subsídios, a autônomas e estudantes, porque todas somos trabalhadoras.”

Izabella Chaves, advogada e Coordenadora do Curso de Formação de Juristas Populares da Fundação Margarida Maria Alves, destaca as lutas do movimento e convoca os Juristas Populares para participarem dele: “Mais do que celebrar o dia internacional das mulheres, precisamos ir às ruas, mostrar nossa força, nossa disposição para a luta por respeito, igualdade, contra o machismo, o preconceito e pela pluralidade das mulheres. Nós da Fundação Margarida Maria Alves estaremos participando do ato público desde sua concentração no Ponto de Cem Reis e convocamos todas e todos Juristas Populares para nos encontrarmos na nossa sede às 08:30h, se possível de blusa ou algum pano roxo ou lilás. Vamos juntos e juntas levar nossas faixas de Margarida Maria Alves e dos Juristas Populares para a grande mobilização!”.


Confira a Programação Completa das ações na Paraíba até o fim do mês:

TODO ESTADO

15/03

GREVE GERAL E PARALIZAÇÃO NACIONAL no dia de Luta Contra a Reforma da Previdência Social.

JOÃO PESSOA

08/03

06h00 – Panfletagem com as Trabalhadoras de Limpeza Final da Beira Rio / Cabo Branco (Coletivo Olga Benário)

07h00 ás 11h30 e das 14h00 07h00 – Concentração Para Caminhada Na defesa de Direitos e da Vida, Ponto de Cem Réis

11h30 – Ato Político Cultural “Nem Uma a Menos, Nenhum Direito a menos”, Praça dos Três Poder.

14h30 – Manifestação de Mulheres na Luta por Terra, Contra o Agronegócio e o Capital, INCRA/João Pessoa (Movimento de Mulheres Feministas e Movimentos Sociais da PB)

09/03

16h30 às 20h – Roda de Diálogo Feminismo Negro no Brasil e Campanha de Identidade Racial: Morena não, Eu Sou Negra, Biblioteca Central da UFPB.

19h30 – Debate Sobre a Violência Domestica na Associação da Comunidade Tito Silva

10/03

16h – Roda de dialógo “Apropriação Cultural e “Silenciamento”, Sala do NEABI/ UFPB

13/03

09h – Mesa Redonda Trabalhos Acadêmicos a Mulher em FOCO!, GEPSS- Linha de pesquisa Políticas Públicas para as Mulheres, Sala 402/ CCHLA /UFPB

14/03

15h – Aula Pública, Violência sexual de crianças e adolescente no CCHLA UFPB

15/03

Minicurso Identidade Racial, História e Ambiguidades e oficina: Subjetividades Negras, Auditório Multimídia da UFPB

16/03

10h – Palestra: Saúde da Mulher e Violência Domestica,
Auditório do SINTESP/PB

27/03

14h00 – Oficina de Auto Cuidado e cuidados entre ativistas feminista na era do golpe, Espaço Cultural, Sala 02

29/03

19h – Mesa Redonda Trabalho, Política e a Condição da Mulher na Universidade: O Contexto da UFPB, CCHLA, Auditório 412.

CAMPINA GRANDE

O8/03

07h30 – Café da Manhã na Entrada da UFCG

09h00- Mesa Redonda Feminização do Mundo do Trabalho, Precarização e Contra a Reforma da Previdência, Auditório do CH/UFCG

14h00 – Cine Debate Mulheres de Luta, Auditório da ADUF/UFCG

19h00 – Mesa Redonda Feminização do Mundo do Trabalho, Precarização e Contra a Reforma da Previdência, Bloco BG/ADUF/UFCG

SANTA RITA

08/03

14h00 – Roda de Diálogo Por uma Educação não Sexista, Sede da Associação Flor Mulher.

18/03

08h ás 18h00 – Mostra Cultural do IFPB e Entrega dos Certificados do Curso Construindo Equidade de Gênero

25/03

08h – Bazar Beneficente para a Associação Flor Mulher

28/03

14h00 – III Seminário os Avanços e desafios na promoção das políticas para as mulheres, Auditório Irmã Dulce, Tibiri II

CAJAZEIRAS

08/03

07h30 – Ato Público Pela Vida das Mulheres e Contra a Reforma da Previdência, Concentração: Praça João Pessoa até o INSS.

09/03

17h30 – Seminário: Avanços e desafios na Construção da Equidade de Gênero, Auditório da UFCG / Campus de Cajazeiras.

GUARABIRA

08/03

09h ás 19h00 – Primeiro Encontro de Mulheres do Centro de Humanidade da UEPB/ Campus Guarabira.

30/03

16h – Sessão Alusiva ao Dia Internacional da Mulher, Apresentação do Diagnóstico Sobre as Mulheres dos Bairros Populares de Guarabira, Câmara Municipal de Guarabira

ALAGOA NOVA

O8/03

08h00 – Marcha “Pela Vida das Mulheres e pela Agroecologia”, concentração: Parque Manoel Pereira.

ARAÇAGI

08/03

08h00 – Motocicletada das Mulheres, Concentração: Praça da Matriz

RIO TINTO

09/03

21h – Auto dos Orixás, Praça de Rio Tinto

QUEIMADAS

10/03

8h00 – Participação na Sessão Especial de lançamento do Coletivo de Mulheres Ana Alice Pela Não Violência Contra a Mulher, Câmara Municipal de Queimadas

PICUÍ

11/03

09h ás 12h – Roda de Dialogo “Reforma da Previdência e o Impacto na Vida das Mulheres”, Auditório Municipal Djailma Vasconcelos

JUAREZ TÁVORA

16/03

9h às 16h – Oficina Sobre Direitos das Mulheres, Reforma da Previdência e Lei Maria da Penha, Assentamento Margarida Maria Alves, Juarez Távora

MAMANGUAPE

22/03

09h – Cine Debate Lélia Gonzalez, Auditório do Campus da UFPB Mamanguape

Fonte: Parada das Mulheres Paraíba