Prêmio Melhores Ongs 2017 divulga selecionados

15.08.2017

Aconteceu no último dia 07 em São Paulo (SP), a cerimônia de premiação do Prêmio Melhores Ong’s promovido pela revista ÉPOCA e o Instituto Doar. O prêmio traz um guia das Organizações Não-Governamentais com mais eficiência, qualidade de gestão, transparência e boa governança do Brasil.

A lista total de entidades  chegou ao número de 1.560 participantes e um grupo do Instituto Doar com o Centro de Estudos em Administração Pública e Governo da FGV escolheu dentro eles 150 finalistas. Segundo os dados do guia, das ONGs listadas a maioria reúne sua assembleia pelo menos uma vez por ano, tem plano de captação de recursos e submete suas contas a auditoria externa independente.

A Fundação Margarida Maria Alves foi uma das organizações que participou do processo de seleção do guia, segundo o Instituto Doar nossa organização “está fazendo história neste país melhorando a gestão e transparência. Obrigado por existir!”.

Para Fernando Nogueira, presidente do Conselho do Instituto Doar e professor de administração da Fundação Getúlio Vargas (FGV), a ideia é “que essa lista funcione como um farol para a sociedade, que mostre que vale a pena colocar dinheiro nessas ONGs, porque elas saberão investi-lo em grandes causas”.

Marcelo Estraviz, cofundador do Instituto Doar, afirma que “as ONGs crescem exponencialmente, assim como os problemas sociais do país. Agora elas estão aprendendo a pedir, e a sociedade brasileira precisa aprender a doar.”

A falta de confiança, no entanto, não é o único motivo para que algumas pessoas evitem doar. Num estudo organizado pelo Idis em 2015 sobre o perfil do doador brasileiro, ao lado da falta de dinheiro, apareceu o argumento de que a resolução de problemas sociais é responsabilidade do governo. No Brasil, o surgimento recente de pequenos coletivos interessados em lutar por questões caras a determinados grupos de pessoas mostra fôlego novo na busca por protagonismo social.

“Parabenizamos as 100 melhores ONGs de 2017, do conjunto de mais de 1500 inscrições. Um número que superou e muito nossas expectativas para este primeiro ano”, destaca Estraviz. “Esperamos que não só estas primeiras 100, mas o maior número possível de ONGs, entre as mais de 300 mil existentes neste país, possam através deste projeto em parceria com a Revista Época, estabelecer padrões para a melhoria contínua. Aumentam sua legitimidade e reputação e aumentam os recursos de doadores para elas. Melhores ONGs é simbolicamente uma festa cheia de ONGs onde sentimos vontade de doar pra elas. Nada mais dentro do espírito do Instituto Doar!”

Confira a lista completa das 100 melhores ONGs no link: http://bit.ly/2vLNjjK

Fonte: Revista Época e Instituto Doar