Novidades

NOTA PÚBLICA

31.03.2019

A Fundação de Defesa dos Direitos Humanos Margarida demonstrar seu desagravo à recomendação da Presidência da República ao Ministério da Defesa de comemorar o aniversário de 55 anos do golpe de Estado de 1964.

Moradores do Porto do Capim em João Pessoa mobilizam-se contra ação de remoção

21.03.2019

Na última terça-feira (19), cerca de 160 famílias da comunidade Vila Nassau, no Porto do Capim, em João Pessoa, receberam notificações da Prefeitura Municipal de João Pessoa para desocupação de suas casas em um prazo de até 48 horas.

Telefones Utéis

20.03.2019

Confira alguns números importantes para a denúncia e combate de casos de desrespeito aos Direitos Humanos na Paraíba.

Como nos localizar

20.03.2019

Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social tem inscrições abertas

12.03.2019

O Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social, considerado um dos principais do terceiro setor no país, chegou a sua décima edição. O anúncio foi feito em cerimônia de lançamento realizada em Brasília no último dia 25. As inscrições da premiação estarão abertas até o próximo 21 de abril.

Sistematização do Curso de Formação de Juristas Populares (1999-2017)

09.03.2019

Publicado em setembro de 2018, o livro é o registro da experiência de um trabalho desenvolvido pela Fundação Margarida Maria Alves na educação popular para o Direito com o Curso de Formação de Juristas Populares.

Projeto Reconexão Periferias mapeia movimentos e coletivos periféricos de todo país

28.02.2019

Com o objetivo de evidenciar a atuação de coletivos locais e fortalecer o estabelecimento de redes entre essas organizações, o Projeto Reconexão Periferias vem realizando desde o primeiro semestre de 2018 um mapeamento de movimentos e coletivos periféricos de todos os Estados do país.

Fundação Margarida Maria Alves tem projeto sobre violência contra a mulher aprovado no Fundo de Direitos Difusos do Ministério Público da Paraíba

25.02.2019

Refletir a violência doméstica contra a mulher sob a perspectiva da masculinidade e trabalhar a prevenção dessa violência são os objetivos do projeto REPENSAR: Refletindo Coletivamente a Violência Doméstica e Familiar contra Mulheres.

Lançado em 2016, Manual “Como não ser babaca no Carnaval” busca conscientizar para a violência contra a mulher

19.02.2019

Em 2016 a Prefeitura Municipal de Recife publicou em suas redes sociais o Pequeno Manual de Como Não Ser Um Babaca no Carnaval. A campanha tinha como objetivo que os foliões brincassem o Carnaval com respeito. Sucesso de público e crítica, no ano seguinte o órgão repetiu a dose e fez a segunda edição. Passado três anos da iniciativa, infelizmente, o manual se mostra ainda relevante.

Movimento Nacional de Direitos Humanos lança nota pública contra impedimento de atuação no combate à tortura

18.02.2019

O Movimento Nacional de Direitos Humanos (MNDH) lançou na última sexta-feira, 15, nota sobre impedimento de atividades do Mecanismo Nacional de Prevenção e Combate à Tortura.