Obras de esgotamento sanitário no É pra Morar são autorizadas nesta sexta-feira

18.05.2006

O prefeito Ricardo Coutinho assina na manhã desta sexta-feira, dia 19, a ordem de serviço para o início do trabalho de esgotamento sanitário do Condomínio Amizade, em Paratibe. A obra, orçada em R$ 700 mil, é um dos resultados de uma ação movida pelo Fórum Estadual de Reforma Urbana (Ferurb) junto ao Ministério Público Estadual por conta das péssimas condições de infra-estrutura do local. A assinatura acontece no próprio condomínio, às 10 horas. Os recursos para a obra são provenientes da Outorga Onerosa.

O condomínio fez parte do programa habitacional É Pra Morar e apresenta uma série de problemas estruturais, que já foram averiguados pelo Curador do Cidadão, Valberto Lira, em visita que realizou ao local junto com órgãos como a Saelpa, Cagepa e secretarias municipais. Desde 2000, o Ferurb, com a assessoria jurídica da Fundação Margarida Maria Alves, vem lutando para que a situação das 232 famílias que moram lá seja resolvida.

Desde o ano passado, uma série de reuniões vêm acontecendo em busca de soluções mais emergentes, enquanto se apura quem são os responsáveis pelas falhas de engenharia nos prédios. Uma das maiores queixas dos moradores é a falta de esgotamento sanitário, que faz com que as fossas instaladas no local encham com freqüência e provoquem muitos problemas. Além do esgotamento, a obra que será autorizada pelo prefeito também vai contemplar a construção de calçadas na área interna e ao redor do condomínio e o rebocamento das paredes dos prédios, tanto por fora, quanto pode dentro.

Por conta dos problemas enfrentados no local e pela condição sócio-econômica dos seus moradores, o pedido para que o condomínio seja considerado Zona Especial de Interesse Social (Zeis) já foi aprovado recentemente pelo Conselho de Desenvolvimento Urbano. Este é um dos primeiros passos para a regularização fundiária da área.