Prêmio fotográfico incentiva a valorização das mulheres negras na Paraíba

24.03.2015

Ocorreu no último dia 19 de março a premiação do primeiro Prêmio Mulheres Negras em Foco: Um Click contra o Racismo, promovido pela ONG Bamidele -Organização de Mulheres Negras na Paraíba. O evento aconteceu na Usina Cultural Energisa e contou com a presença da ministra da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial da Presidência da República. O Prêmio tem como finalidade estimular a produção fotográfica e incentivar as artes, convidando mulheres fotógrafas – profissionais e amadoras – a dedicar seus diferentes olhares e percepções ao registro positivo da diversidade das mulheres negras paraibanas, apresentando representações sociais que valorizem a história e cultura desse segmento. O concurso foi destinado somente a pessoas do sexo feminino e teve no total 60 fotos inscritas com trabalhos divididos em três categorias: profissional, amadora e celular. As fotografias premiadas serão utilizadas na composição do portfólio da quarta edição da Campanha de Afirmação da Identidade Negra: Morena, não. Eu sou Negra! Segundo os organizadores, o Prêmio é uma homenagem à Gertrudes Maria, mulher negra e escravizada que protagonizou uma ação política ao defender a justiça para manter a sua liberdade e autonomia, mesmo que parcial, na capital da Paraíba do século XIX. Sua história é emblemática por representar as lutas de muitas outras mulheres escravizadas de várias regiões do Brasil que, com suas ações políticas colaboram, tanto para a deslegitimação do escravismo, quanto por redefinir suas condições sociais e jurídicas. Confira as fotos premiadas abaixo e mais informações podem ser encontradas na rede social da entidade .

1º lugar - Categoria Profissional Obra: "Meu cabelo é bom", Autoria: Kleide Teixeira

2º lugar - Categoria Profissional Obra: "Amar-se é uma revolução", Autoria: Nih Fernandes

1º lugar - Categoria Amadora Obra: "Esperança no futuro", Autoria: Sumaia Baptista (Negrítica)

2º lugar - Categoria Amadora Obra: "Cultura e Negritude", Autoria: Sônia Aguiar

Fonte: Jornal da Paraíba e Bamidelê