Acontece até sexta-feira, em Brasilia, a 12ª Conferência Nacional de Direitos Humanos

27.04.2016

Participantes da plenária de abertura das Conferências

Desde domingo, 24, ocorre no Centro Internacional de Convenções do Brasil em Brasilia as Conferências Conjuntas de Direitos Humanos, promovidas pela Secretaria de Direitos Humanos do Ministério das Mulheres, da Igualdade Racial, da Juventude e dos Direitos Humanos. Os debates seguem até a próxima sexta-feira (29) e tem estimativa de reunir cerca de 7 mil representantes do Poder Público e da sociedade civil.

Acontecerão durante a Conferência Conjunta cinco conferências temáticas: a 12ª Conferência Nacional de Direitos Humanos, a 10ª Conferência Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente, a 4ª Conferência Nacional dos Direitos da Pessoa Idosa, a 4ª Conferência Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência e a 3ª Conferência Nacional de Políticas Públicas de Direitos Humanos de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais.

A etapa nacional é resultado das diversas conferências realizadas em nível local, municipal, regional, estadual/distrital e também das conferências livres e virtuais, espaços nos quais as discussões locais possibilitam a troca de experiências e a participação efetiva da sociedade. Os representantes dos estados que participarão do evento foram eleitos nas etapas estaduais, de acordo com os critérios definidos por cada comissão organizadora nacional.

A Fundação de Defesa dos Direitos Humanos Margarida Maria Alves foi escolhida para participar da Conferência representando o segmento de Educação em Direitos Humanos da Paraíba. A escolha aconteceu durante a IV Conferência Estadual de Direitos Humanos da Paraíba, realizada nos dias 29 de fevereiro e 01 de março no Hotel Ouro Branco, em João Pessoa/PB.

Representando a Fundação na Conferencia Nacional como delegada da sociedade civil, Izabella Chaves, advogada da entidade, destaca a importância da escolha dentro da questão da educação em direitos humanos: “Será uma ótima oportunidade para a nossa entidade poder participar na construção de políticas públicas voltadas para educação em direitos humanos e sobretudo para um incentivo a educação não formal”, disse.

A 12ª Conferência Nacional dos Direitos Humanos representa a oportunidade de consolidar as Políticas de Direitos Humanos no Brasil, e também de reafirmar os compromissos contidos no Programa Nacional dos Direitos Humanos -PNDH-3. O programa é o principal documento que orienta as políticas públicas em direitos humanos no país. A conferência será um espaço amplo e diverso de participação social, que interliga segmentos e políticas, e que resulta em uma ação conjunta de todos os públicos envolvidos em Direitos Humanos no Brasil.

Mais informações pelo site www.sdh.gov.br/assuntos/conferenciasdh ou via facebook: www.facebook.com/ConferenciasDH

Veja a programação completa do evento clicando AQUI.